04 julho 2019

O agro na lista anual de inovação do Fórum Econômico Mundial

A seleção Pioneiros em Tecnologia lista empresas de estágio inicial com soluções que estão mudando o mundo

COMPARTILHE:

alesca life

0

Todos os anos, o Fórum Econômico Mundial (WEF, da sigla em inglês), organização que discute temas prementes enfrentadas pelo mundo, reconhece empresas que desenvolveram tecnologias inovadoras. Em 2019, foram escolhidas 56 companhias, espalhadas pelo mundo, e o agro está representado entre as categorias.

A seleção Pioneiros em Tecnologia engloba diversos segmentos, incluindo sistemas de segurança, aplicativos que fornecem apoio psicológico e soluções para a saúde. São selecionadas empresas em estágio inicial ou em crescimento, e neste ano a lista mostra uma preocupação especial com a aplicação de inteligência artificial.

Conheça as quatro agtechs reconhecidas pelo WEF:

Alesca Life
Fundada em 2013 em Hong Kong, a empresa desenvolveu um sistema de agricultura vertical que aumenta a eficiência, a produtividade e a rastreabilidade. As fazendas comerciais, com condições climáticas controladas e totalmente automatizadas, usam de 20 a 25 vezes menos água, fertilizantes e terra, em comparação com fazendas tradicionais. Todas os dados de produção são coletados e garantem uma operação mais transparente.

Full Harvest
Baseada em São Francisco, nos Estados Unidos, a empresa fundada em 2015 se propõe a resolver o grave problema do desperdício de comida oferecendo um marketplace que conecta produtores diretamente com fabricantes de alimentos e bebidas interessados em comprar produtos que não atendem aos padrões estéticos dos mercados. O sistema ajuda os produtores a vender algo que normalmente acaba no lixo, ao mesmo tempo em que reduz os custos da indústria.

ImpactVision
Com foco na indústria de produção de alimentos, a startup baseada em São Francisco, nos Estados Unidos, usa machine learning e tecnologia de imagem para oferecer insights sobre a qualidade dos produtos e reduzir o desperdício.

Inari Agriculture
A fabricante de sementes instalada em Cambridge, nos Estados Unidos, oferece soluções para que fazendeiros produzam de maneira mais sustentável, usando menos terra e causando um impacto muito menor no meio ambiente.

Leia Mais:

Startup japonesa cria robôs que cozinham para clientes de restaurantes

Connected Robotics captou US$ 7,8 milhões em uma rodada de Série A

SAIBA MAIS

AgTech Garage lança seu programa de potencialização de startups

Intensive Connection está com inscrições abertas e busca soluções de agricultura sustentável e familiar, saúde animal e fertilizantes

SAIBA MAIS

AeroFarms capta US$ 100 milhões e reforça a importância da agricultura vertical

Recursos serão usados para expandir a atuação da agtech nos Estados Unidos e em outros países

SAIBA MAIS

O futuro pode transformar micróbios em unicórnios

Com a pressão cada vez maior sobre o tema sustentabilidade, a biotecnologia pode ser uma grande parceira, e o uso de inseticidas botânicos, feromônios, substâncias atraentes e repelentes, serão opções para o manejo de resistência e alternativa ao uso de defensivos químicos.

SAIBA MAIS