10 setembro 2019

L’Oréal e Sebrae buscam startups com soluções para matérias-primas

Programa de aceleração prevê investimentos de até R$ 150 mil

COMPARTILHE:

loreal

0

Startups com soluções para matérias-primas aplicáveis  na indústria de cosméticos podem se inscrever no Desafio Fórmula L’Oréal, parceria da empresa com o Sebrae. É possível cadastrar os dados dos produtos e serviços neste endereço até o dia 16 de setembro. Os vencedores receberão até R$ 150 mil para pesquisa e desenvolvimento. O programa tem duração de 12 meses.

O desafio busca especificamente o desenvolvimento e aperfeiçoamento de materiais, ingredientes com provas de conceitos em super absorvência de óleo de água com alta performance, e devem ser compatíveis com formulações cosméticas obtidos principalmente por meio de origem natural ou biotecnológica, de biodiversidade brasileira, nanotecnologia ou alternativas sintéticas. Serão consideradas também propostas de tecnologias e soluções provenientes de outros setores econômicos e indústrias, com potencial de aplicabilidade para a área de formulações cosméticas. 

As inscrições serão analisadas até o dia 14 de outubro, e os selecionados serão anunciados no dia seguinte, 15 de outubro. Contratos serão assinados entre novembro e dezembro e o programa terá início no dia 1° de janeiro de 2020.

Para participar é preciso apenas ter uma empresa com CNPJ, faturamento anual máximo de R$ 4,8 milhões, alinhadas às áreas de interesse do desafio, e disponibilidade para assinar contratos de incubação e aceleração.

O Desafio Fórmula L’Oréal é realizado em parceria com o Nexos, programa do Sebrae cujo objetivo é apoiar a conexão entre startups e grandes e médias empresas, visando à geração de negócios e ao desenvolvimento de novas tecnologias.

Mais informações podem ser encontradas na página do desafio.

Leia Mais:

Burger King começa a vender o Rebel Whopper

Hambúrguer feito de plantas já está disponível em 75 unidades da rede

SAIBA MAIS

Corrida pela inovação no Oeste Baiano

Numa maratona de 54h de imersão para construir projetos e pensar diferente, o que se viu na dinâmica em LEM foi uma busca frenética em atender demandas e gargalos do setor.

SAIBA MAIS

Agtechs e food techs entre as 25 melhores startups segundo o LinkedIn

Fintechs dominam o ranking, mas há empresas do agro em destaque na lista Top Startups

SAIBA MAIS

Startups batalhando na Expointer

Foram 18 startups participando da batalha de pitchs “Like a Farmer”.

SAIBA MAIS