10 janeiro 2020

Cooperativa faz parceria para classificar soja com Inteligência Artificial

Integrada quer substituir avaliação manual de 2,3 milhões de toneladas de grãos para beneficiar 10 mil cooperados

COMPARTILHE:

Foto: Cooperativa Integrada

0

A Cooperativa Integrada fechou, no início de janeiro, uma parceria com a startup SmartGrain para classificação de grãos por inteligência artificial (IA) e machine learning.

A parceria prevê o desenvolvimento de um banco de imagens de grãos de soja com base em visão computacional que permitirá diferenciar as unidades “padrão” de outras com algum tipo de variação.

Pedro Malanga visa substituir seleção manual de grãos com a inovação. (Foto: Cooperativa Integrada)

A demonstração da qualidade do milho e da soja é um gargalo para produtores já que isso pode determinar o preço dos produtos. Com a solução Agro 4.0, a imprecisão na avaliação dos produtos poderia ser praticamente eliminada.

A Integrada recebe anualmente mais de 2,3 milhões de toneladas de grãos de seus 10 mil associados que, atualmente, são classificados manualmente. “Com a inovação, conseguiremos a eficiência operacional”, observou Pedro Malanga, coordenador de projetos estratégicos da Integrada.

A SmartGrain nasceu em um hackathon voltado ao setor e, desde o início, buscou soluções para reduzir a subjetividade na classificação de grãos por meio de inteligência artificial e aprendizagem de máquina.

“Nosso próximo passo é aprimorar o desenvolvimento também com o Iapar (Instituto Agronômico do Paraná) para acrescentar novos métodos de avaliação de grãos de soja com os recursos de visão computacional”, disse Vitoriano Ferrero Jr., CEO da SmartGrain.

Além de soja, a Cooperativa também atua no apoio e recebimento da produção milho, trigo, café e laranja de mais de 700 mil hectares de cultivos. Com faturamento de R$ 3,3 bilhões em 2018, possui 15 regionais e 64 unidades de recebimento distribuídas em regiões produtoras do Paraná e São Paulo.

“Temos apoiado empresas de tecnologia que oferecem serviços e soluções que possam ajudar a dinamizar o processo produtivo desde o plantio até o escoamento da produção agrícola”, acrescentou Malanga.

AUTOR:

Daniel Azevedo Duarte

Daniel Azevedo Duarte é editor-chefe do AgEvolution do Canal Rural, Mestre em Jornalismo (UCM/USP), MBA em Agro (FGV) e entusiasta da inovação no agro. Também é professor em Comunicação no Agro na PUC de Campinas e correspondente de publicações internacionais sobre o setor.

Leia Mais:

Choque: agtech capta R$ 29 mi para eletrocutar ervas daninhas

Solução elimina defensivos químicos em aplicações manuais e está sendo adaptada para tratores

SAIBA MAIS

Sinal verde: aceleradora busca startups para inovação com cannabis

The Green Hub tem inscrições abertas para debate, convocatória e rodada de investimento sobre soluções disruptivas para o produto

SAIBA MAIS

Agtech brasileira é convidada ao Fórum Econômico Mundial

Mariana Vasconcelos, fundadora da Agrosmart, participa de dois painéis sobre sustentabilidade em Davos

SAIBA MAIS

Show Rural Digital terá hackathon e investidores anjo

Tradicional evento da Coopavel amplia área destinada à inovação, que contará com 150 expositores, Fórum e outras atrações

SAIBA MAIS