01 fevereiro 2019

Conheça as 15 foodtechs escolhidas para o FoodBytes em São Francisco

Plataforma do Rabobank reúne startups inovadoras em uma competição de pitches

COMPARTILHE:

FBNYC_kb_101818_151538_1495

0

Realizada em diversas cidades do mundo, incluindo Montreal, Nova York e Londres, a competição de pitches FoodBytes! By Rabobank anualmente seleciona algumas das startups mais inovadoras relacionadas à produção agropecuária e alimentícia para batalhar por acesso à sua rede global de mentoria – e aos prêmios que oferece. O evento, patrocinado pela multinacional holandesa de serviços financeiros, anunciou as 15 foodtechs que participarão da disputa em São Francisco.

Hargol FoodTech: a startup diz ter criado a primeira fazenda comercial de gafanhotos, considerados por eles a mais eficiente fonte de proteína do mundo.

Healthy Cow: a companhia cria produtos para que pecuaristas possam dminuir sua dependência de hormônios e antibióticos

Osmo Systems: oferece uma tecnologia de monitoramento em criações de camarão, evitando a morte dos animais quando a condição da água muda subitamente

CropIn Technology Solutions: seus serviços online usam aprendizado de máquina, inteligência artificial e análise de dados para monitorar o ecossistema agrícola.

Bushel: diz ter criado a primeira plataforma que conecta digitalmente os produtores a seus elevadores  de grãos, oferecendo informações em tempo real

Shaka Tea: usa uma planta nativa do Havaí em uma linha de chás que promove a agricultura sustentável e o crescimento econômico dos produtores havaianos

The Worthy Company: desenvolveu o que chama de “snack vegano perfeito”, com uma mistura de chia, legumes, frutas e vegetais, feito para ser vendido tanto em pequenas lojas quanto em grandes redes de supermercados

Taali: produz snaks feitos a partir de sementes de nenúfares

GEM: Fundada e direcionada para as mulheres, a startup criou uma vitamina feita a partir de 13 algas e ingredientes à base de plantas, aprovada pelo FDA, órgão responsável pela regulamentação de alimentos nos Estados Unidos

Toast Ale: usa pães que não foram vendidos por padarias como base de cervejas artesanais para combater o desperdício de comida

Zymtronix: quer liderar uma revolução a partir de biocatalisadores enzimáticos em processos industriais para redução de custos

SnapDNA: criou um sistema rápido de análise de segurança alimentar, que dá respostas sobre patógenos como salmonela e E.coli em apenas uma hora a partir de informações coletadas em células vivas

Bond Pets: produz rações para cães e gatos a partir de proteínas animais. A diferença está a produção: eles usam uma técnica que não requer o abate, e as células animais colhidas são misturadas a um “caldo” repleto de vitaminas e micróbios naturais, sendo então usadas em receitas que levam em conta características de cada raça

Planetarians: oferece proteínas alternativas, feitas a partir do reaproveitamento de materiais descartados pela indústria alimentícia, vendidas a preços acessíveis

Corumat Inc: desenvolveu embalagens 100% à base de plantas que podem ser compostadas e que custam 30% menos que embalagens que usam tecnologias tradicionas

As 15 participantes recebem um dia de mentoria e análises individuais de seus produtos antes da competição de pitches. Elas competirão por três prêmios: CPG Award, oferecido às soluções mais criativas e inovadoras; Tech Award, selecionado pelo júri; e People’s Choice Award, escolhido pelo público.

É interessante acompanhar as soluções apresentadas por essas startups no FoodBytes! porque elas mostram um pouco do que a indústria está de olho no momento, quais as tecnologias que estão produzindo melhores resultados e de que maneira essas empresas estão preocupadas em atender às demandas dos consumidores.

Leia Mais:

Agtech americana cria proteína à base de lentilhas

Insumo poderá ser usado no mercado de alternativas “plant based”

SAIBA MAIS

Mobiliza Startups debateu a estratégia da Claro em IoT

O consumo de dados por usuário vem dobrando anualmente, gerando uma demanda exponencial

SAIBA MAIS

Investimento bilionário vai levar internet a pequenos produtores

O governo contará com apoio da iniciativa privada para custear o projeto; primeira fase deve começar neste ano, no Nordeste

SAIBA MAIS

Solinftec inaugura nova sede em Sinop

Empresa de agricultura digital vai implantar fazendas com gerenciamento 100% assistido por inteligência artificial

SAIBA MAIS