06 agosto 2019

Com aporte de US$ 89 milhões, a agtech Inari quer trazer diversidade às sementes

Os recursos serão usados para introduzir variedades de soja e milho geneticamente editadas no mercado americano

COMPARTILHE:

dna-3656587_1920

0

Com o propósito de usar ferramentas genômicas para resgatar a diversidade das sementes, a startup americana Inari acabou de receber um aporte de US$ 89 milhões. Após a nova rodada, o investimento total na agtech chega agora a US$ 142 milhões. Este é o maior valor obtido em uma rodada de captação de uma startup do agro sob a liderança de uma mulher.

O fundo Flagship Pioneering, o mesmo por trás da gigante Indigo Ag, liderou a rodada. Diferente de outros fundos de investimento, o Flagship cria pequenas empresas de biotecnologia e saúde internamente, como a própria Inari. Após alguns anos de pesquisas, elas lançam as mais promissoras ao mercado, mantendo uma participação majoritária. Em março deste ano, conseguiu levantar US$ 824 milhões para um fundo de fomento à biotecnologia.

A tecnologia da Inari usa edição genética para descobrir o enorme potencial de diversidade natural das sementes. Em entrevista ao site AgFunder News, a CEO Ponsi Trivisvavet afirma que trata-se de uma maneira de reverter as práticas do setor de focar apenas em aumentar apenas a produção. “Quando você faz apenas uma pergunta, recebe apenas uma resposta”, diz ela. “Diversidade é boa para tolerância a doenças, consumo de água, nutrição e consumo de nitrogênio”.

Os recursos captados serão usados para desenvolver as ferramentas genômicas e computacionais da startup, além de acelerar a comercialização e a introdução de suas sementes de soja e milho no mercado dos Estados Unidos. Dentro dos próximos dois anos, a empresa espera expandir sua atuação para outras culturas. Por não usar material genético transferido artificialmente, a agtech não sofre restrições de agências de saúde.

Leia Mais:

Monitoramento por satélite barateia crédito rural

TerraMagna usa IA e Big Data para mitigar riscos de financiamentos com acompanhamento das lavouras em tempo real

SAIBA MAIS

Deputado quer anular Comissão de Agricultura de Precisão e Digital

Motivo seria a ausência de representantes da “agricultura familiar” no órgão

SAIBA MAIS

IBM Food Trust avança como blockchain global para alimentos

Tecnologia reduz desperdício de comida e riscos da produção agrícola por meio de rastreabilidade “imutável”

SAIBA MAIS

AgroUp propõe inovações para soja e milho em Dourados

Design Sprint reuniu 45 participantes que trabalharam desafios como classificação, clima e gestão

SAIBA MAIS