27 novembro 2019

CNA/Senar apresenta AgroUp a representantes da Austrália

Órgão de pesquisa do país tem interesse no modelo de pesquisa e inovação desenvolvido pelo Brasil

COMPARTILHE:

Fotos: Wenderson Araújo

0

O Sistema CNA/Senar apresentou a Rede AgroUp na terça (26), em reunião com representantes da Embaixada da Austrália, em Brasília, com a participação, por videoconferência, de pesquisadores da Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Austrália (CSIRO).

O órgão internacional tem interesse no modelo de pesquisa e inovação desenvolvido pelo Brasil. No encontro, o coordenador de Inovação do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Matheus Ferreira, fez uma apresentação sobre o AgroUp e esclareceu dúvidas sobre a rede.

No próximo dia 11 de dezembro a CSIRO enviará uma equipe ao Brasil conhecer a Rede AgroUp e discutir uma cooperação com o Sistema CNA/Senar.

Segundo Ferreira, a interação com órgãos internacionais de pesquisa faze parte das ações da Rede AgroUp, que busca mapear problemas e buscar soluções de inovação tecnológica em várias cadeias produtivas.

“A interação com outros países tem esse viés. Queremos compartilhar experiências e ampliar a oferta de tecnologias no agro no Brasil”, explicou. A assessora técnica de Relações Internacionais, Bárbara Lopes, também participou do encontro. (fonte: Assessoria de Comunicação CNA)

Leia Mais:

Monitoramento por satélite barateia crédito rural

TerraMagna usa IA e Big Data para mitigar riscos de financiamentos com acompanhamento das lavouras em tempo real

SAIBA MAIS

Deputado quer anular Comissão de Agricultura de Precisão e Digital

Motivo seria a ausência de representantes da “agricultura familiar” no órgão

SAIBA MAIS

IBM Food Trust avança como blockchain global para alimentos

Tecnologia reduz desperdício de comida e riscos da produção agrícola por meio de rastreabilidade “imutável”

SAIBA MAIS

AgroUp propõe inovações para soja e milho em Dourados

Design Sprint reuniu 45 participantes que trabalharam desafios como classificação, clima e gestão

SAIBA MAIS