05 junho 2019

Após nova rodada de investimentos, Loggi torna-se um unicórnio

Empresa de logística quer agora realizar cinco milhões de entregas por dia

COMPARTILHE:

motofretista

0

Indicada por especialistas como uma das startups brasileiras que se tornaria um unicórnio ainda em 2019, a empresa de logística Loggi atendeu às expectativas após uma nova rodada de investimentos, liderada pelo VisionFund, do SoftBank, e com participação de outros investidores, incluindo a Microsoft.

Com os US$ 400 milhões captados, a empresa espera atingir 95% do território brasileiro até 2020, oferecer entregas em um único dia e, em cinco anos, realizar 5 milhões de entregas por dia. Hoje, atende 35% da população e seus entregadores completam 100 mil viagens diárias.

A estratégia para cumprir esses objetivos ambiciosos inclui o uso de tecnologias como robótica e inteligência artificial para traçar as melhores rotas e a instalação de grandes centros de distribuição, com pequenas unidades de estoque em bairros espalhados pelas cidades, que funcionam como suporte.

Fundada em 2014 por Fabian Mendez, empreendedor que cresceu em uma pequena vila francesa antes de se mudar para o Brasil, a Loggi já conta com as redes de fast-food McDonald’s e Burger King e os supermercados Carrefour entre seus clientes. A startup também já havia recebido um aporte anterior, no valor de US$ 100 milhões, do VisionFund. E foi um dos destaques do Brasil no relatório anual do AgFunder sobre investimentos no ecossistema de inovação na cadeia produtiva de alimentos.

Leia Mais:

Agtech WorldCover usa tecnologia para oferecer seguro agrícola a pequenos produtores

A empresa captou US$ 6 milhões e planeja expansão para o Brasil

SAIBA MAIS

Criador do Reddit, Alexis Ohanian conta porque está investindo em agtechs

Seu fundo Initialized Capital investiu recentemente na startup Silo

SAIBA MAIS

Feira AGROtic discute o uso de tecnologias no agro

Evento acontece em Piracicaba e tem programação voltada para startups

SAIBA MAIS

Aceleradora Pluris está com inscrições abertas para startups

Foco do programa é em empresas em crescimento e em estágio inicial

SAIBA MAIS