14 junho 2019

Agtech WorldCover usa tecnologia para oferecer seguro agrícola a pequenos produtores

A empresa captou US$ 6 milhões e planeja expansão para o Brasil

COMPARTILHE:

worldcover-crops-insurance-investment

0

Usando imagens de satélite, sensores no solo, smartphones e análise de dados, a startup WorldCover, com escritórios em Nova York e na África, desenvolveu uma solução de seguro climático para pequenos produtores. Recentemente, a agtech captou US$ 6 milhões em uma rodada liderada pelo MS&AD Ventures, fundo de investimento focado em companhias de seguro, segundo informações do Tech Crunch.

O foco da startup é em países emergentes. Atualmente, ela atua em Gana, Uganda e Quênia, oferecendo seguros contra efeitos climáticos, especialmente a falta de chuva, para donos de propriedades entre 4 e 8 hectares que ganham entre US$ 500 e US$ 5 mil. As operações na África já atendem 30 mil fazendeiros.

O Brasil está nos planos de expansão da empresa. De acordo com o cofundador Chris Sheehan, a Índia será o primeiro novo mercado, seguido pelo México, Brasil e Indonésia. E tudo deve acontecer nos próximos 18 meses.

As culturas atendidas no momento são milho, arroz e amendoim, mas a startup quer acrescentar café, cacau e caju a seu portfólio. E em breve espera cobrir danos causados por tempestades tropicais.

Com a captação, a WorldCover entra na lista de startups desenvolvendo soluções no mercado africano antes de buscar a expansão em outros continentes. Embora tenha muitas áreas produtivas, a África sofre com a falta de tecnologias, e agtechs têm surgido para ajudar produtores a superar essas barreiras.

Leia Mais:

Monitoramento por satélite barateia crédito rural

TerraMagna usa IA e Big Data para mitigar riscos de financiamentos com acompanhamento das lavouras em tempo real

SAIBA MAIS

Deputado quer anular Comissão de Agricultura de Precisão e Digital

Motivo seria a ausência de representantes da “agricultura familiar” no órgão

SAIBA MAIS

IBM Food Trust avança como blockchain global para alimentos

Tecnologia reduz desperdício de comida e riscos da produção agrícola por meio de rastreabilidade “imutável”

SAIBA MAIS

AgroUp propõe inovações para soja e milho em Dourados

Design Sprint reuniu 45 participantes que trabalharam desafios como classificação, clima e gestão

SAIBA MAIS